• Posteres e Comunicações Livres

    Regulamento

    1. Os trabalhos têm que ser originais, versar temas da área de Patologia Dual e Comportamentos Aditivos. São aceites trabalhos de reflexão, de investigação e de pesquisa bibliográfica.
    2. O resumo do poster /comunicação livre deve conter introdução, objetivos, metodologia, conclusão e bibliografia, no máximo de 3500 caracteres, em formato A4. Devem ser enviadas até dia 15/Janeiro/2014 em suporte informático (PPT ou PDF), acompanhado de nome e contacto de autor principal para:
      Dra. Vera Martins
      comunicacoes@congressopatologiadual.com
    3. Os posters/ comunicações livres só serão aceites se um dos autores estiver inscrito no congresso.
    4. O Júri será constituído por elementos da comissão cientifica do congresso. Ao júri reserva-se o direito de avaliação e aceitação. Os autores dos posteres/comunicações livres serão informados da sua aceitação por mail para o primeiro autor até 31 de Janeiro de 2014.
    5. Os posters aceites para apresentação devem ser afixados pelos seus autores de acordo com a numeração atribuída, até às 11 horas do dia 6/03/2014.
    6. Os posteres devem ser visíveis a 1,5 metros, tendo dimensões máximas de 1,20m (alt.) por 0,9m (larg.).
    7. As comunicações livres aceites deverão ser apresentadas em sessão de 15 min. durante o congresso em data a determinar. Podem ser utilizadas apresentações em PowerPoint.
    8. Aos participantes será entregue a respetiva declaração de apresentação ou de coautoria do  poster.
    9. Ao melhor poster é atribuído o valor de 250€.
    10. Os prémios só serão entregues aos autores que estejam presentes.
  • Casos Clínicos

    Regulamento

    1. No âmbito do IV Congresso Nacional e Iº Encontro Ibero Brasileiro de Patologia Dual e Comportamentos Aditivos,  realiza-se um concurso de CASOS CLÍNICOS.
    2. O tema inclui todas as áreas relativas à Patologia Dual e Comportamentos Aditivos.
    3. Podem participar médicos e outros técnicos. O primeiro autor deverá ser médico.
    4. Os casos clínicos devem ser enviados em folha A4 ou via internet para o secretariado do Congresso até dia 15 de Janeiro de 2014:
      Ao cuidado de Dra. Manuela Fraga
      E- mail:  casoclinicocongresso@patologiadual.pt
    5. Do texto deverá constar:
      1. Titulo do caso clínico
      2. Nome e apelido do primeiro autor
      3. Nome e apelidos dos colaboradores
      4. Nome e apelidos da pessoa de contacto com nº de telefone, email e direção.
      5. Serviço e instituição a que os autores os autores, direção, código postal e telefone.
    6. texto terá como máximo 3 páginas A-4, usando letra Times New Roman , tamanho 12 e espaço entre linhas simples, em Word.
    7. O caso deverá organizar-se incluindo: anamnese, exploração, exames complementares, diagnóstico, tratamento e evolução.  
    8. No final do caso clínico,  será apresentada uma discussão com máximo de 15 linhas.
    9. A informação deve ser exposta de forma clara, ordenada e completa, evitando o uso de abreviaturas. Os resultados dos exames complementares de diagnóstico com as correspondentes unidades de medida.
    10. Deve-se omitir toda referência a dados pessoais identificativos dos doentes ou familiares (nomes próprios, residência, etc.), assim como, qualquer informação que não seja relevante para o caso. Igualmente devem-se eliminar nomes de hospitais e instituições.
    11. Quanto aos medicamentos, devem-se referir os princípios ativos e não as marcas comerciais.
    12. Bibliografia - São permitidas citação de até cinco referências por cada caso clínico apresentado. Para as citações dever-se-ão seguir as recomendações as normas de Vancouver.
    13. O júri será escolhido os membros da comissão cientifica do congresso. Avaliará os casos clínicos até 30 de Janeiro de 2014, selecionando os melhores casos para apresentação no congresso. 
    14. Os autores dos casos selecionados serão avisados por email, devendo preparar a apresentação dos casos em PowerPoint, para durar 10 minutos.
    15. Os casos clínicos serão apresentados durante o congresso em sessão em data a indicar.
    16. O Júri atribuirá o prémio de melhor caso clínico. O prémio terá o valor de 250€.